28.8.17

VUELTA 2017 - Froome mostra quem manda

Na linha das edições anteriores, a Vuelta de 2017 não está a desiludir os fãs. Sobretudo nos finais de etapa tem havido emoção, e alguma incerteza. Porém, já deu para perceber que há um favorito que se destaca claramente: tal como no Tour, Chris Froome parece não deixar grandes esperanças à concorrência.
Nas principais subidas já ultrapassadas, só Chaves, e a espaços Contador, se mostraram à altura do britânico. Acontece que Chaves tem o problema do contra-relógio por disputar, e El Pistolero traz um triste handicap de dois minutos e meio perdidos em Andorra. Logo...
Veremos o que ditam os próximos dias, com montanha com fartura.

23.8.17

VUELTA 2017 - um primeiro olhar

Com apenas quatro dias de prova (dois sprints, um contra-relógio colectivo e uma etapa de montanha sem chegada em alto) é prematuro avançar com qualquer balanço objectivo.
As diferenças na frente são curtas, e ainda não se pode falar em favoritismo claro para ninguém, nem mesmo para o líder, Chris Froome.
O único dado relevante destes primeiros dias é a hecatombe de Contador em Andorra (mais uma...), que cedo o retirou das contas da geral. De resto, todos os restantes candidatos (além de Froome, também Nibali, Aru, Bardet, Chaves, irmãos Yates, Kelderman, Zakarin, Van Garderen e Barguil) estão no top 15, separados por menos de 1,30 entre eles.
A única etapa que permitiu tirar conclusões (justamente a de Andorra) mostrou Froome, Chaves, Bardet e Aru muito bem. Paradoxalmente, quem ficou para trás na subida acabou por recuperar e vencer a tirada (Nibali).
Quanto aos sprints, sem Sagan, Cavendish, Kittel, Greipel, Matthews, Kristoff, Groenewegen, Boasson Hagen, Demare, Bouhanni, Nizzolo ou Viviani, a Quick Step tem aproveitado para se impor. Primeiro num excelente trabalho colectivo que possibilitou a vitória de Lampaert. Depois com Trentin a vencer em Tarragona.

21.8.17

VUELTA 2017 - Antevisão


ETAPAS

 EQUIPAS

PALMARÉS

FAVORITOS